sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Cia. São Geraldo de Viação pode ser extinta

Autorização de incorporação da ANTT abre caminho para enxugamento de estrutura e fim da marca São Geraldo. Tradicional empresa mineira fundada em 1949 foi adquirida pelo grupo Gontijo em dezembro de 2003, mas mantém operações.

 

Em meio à mudanças no transporte interestadual de passageiros, uma das maiores e mais tradicionais empresas de ônibus de Minas pode deixar as estradas. Fundada em 1949 em Caratinga (Região leste do estado), e parte do grupo Gontijo desde dezembro de 2003, a Cia. São Geraldo de Viação foi definitivamente incorporada pela Gontijo. A autorização para a operação de incorporação foi confirmada por meio da Resolução 4.845 da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), publicada hoje no Diário Oficial da União, e já está em vigor, de acordo com o órgão regulador de transportes.

Com a medida, a Gontijo pode racionalizar a estrutura de frota, pessoal e guichês e está oficialmente autorizada a extinguir a marca São Geraldo. A incorporação total confirma a transferência de linhas e serviços dentro do grupo, que já vinha acontecendo em estados como o Ceará. A ANTT sustenta que não há prazo definido para transferência de linhas, adequação de frota e demais recursos operacionais. Ninguém do grupo Gontijo foi localizado para comentar o assunto.



Gontijo São Geraldo/Divulgação


Desde dezembro de 2003 os cerca de 800 ônibus e 100 linhas interestaduais da São Geraldo são controlados pela família Gontijo, grupo igualmente mineiro fundado em Patos de Minas (no Alto Paranaíba), curiosamente no mesmo ano: 1949. Além da mesma idade, a história das empresas se cruzam no pioneirismo na operação de rotas e o franco crescimento, principalmente nas décadas de 1960 e 1970, no eixo de transporte entre as regiões Nordeste e Sudeste do Brasil. Concorrência que levou à compra da São Geraldo, controlada por três famílias até pouco mais de 11 anos, e agora a unificação das empresas.

A autorização de incorporação também atenta para as profundas alterações pelo qual as linhas interestaduais de longa distância vem passando. Sofrendo forte concorrência com o setor aéreo, as empresas de ônibus trabalham em busca de máxima racionalização. Depois de a ANTT desistir do modelo de licitação das linhas por lotes e apostar na autorização especial de operação, a Viação Itapemirim, uma das maiores companhias do setor, vendeu 40% de frota e transferiu mais da metade das linhas (68, de um total de 118) para a novata Viação Kaissara.


Gontijo São Geraldo/Divulgação


Abrangência nacional
Juntas, Gontijo e São Geraldo possuem114 garagens, 380 agências próprias, 700 agências terceirizadas e cerca de 7 mil funcionários, atendendo 20 estados além do Distrito Federal. Segundo o site do grupo, ambas transportam uma média de 7 milhões de passageiros/ano em 347 linhas nacionais e uma linha internacional, entre Salvador e Assunção, no Paraguai. A linha mais longa é que interliga Colatina, no Espírito Santo, a Porto Velho, em Rondônia, com 3.732km. Já há algum tempo as empresas são apresentadas como marcas unificadas
.

 Fonte:http://estadodeminas.vrum.com.br/app/noticia/noticias/2015/09/16/interna_noticias,51410/cia-sao-geraldo-de-viacao-pode-ser-extinta.shtml

Comil Versatile Gold Transmatur 800


quarta-feira, 16 de setembro de 2015

CAIO ALPHA VIAÇÃO CIDADE TIRADENTES

CAIO GABRIELA VIAÇÃO JUREMA

MARCOPOLO TORINO 2014 EMPRESA METROPOLITANA

TECNOBUS TRIBUS

MONOBLOCO O-365 VIAÇÃO BRASIL LUXO

MONOBLOCO O-362 VIAÇÃO SÃO JOÃO CLIMACO

MARCOPOLO TORINO 2014 EMPRESA METROPOLITANA

MARCOPOLO PARADISO G6 VIAÇÃO ITAPEMIRIM GOLDEN

MARCOPOLO II VIAÇÃO REUNIDAS

CAIO GABRIELA VIAÇÃO TABÚ

CIFERAL LIDER II SCANIA VIAÇÃO SAMPAIO

DIPLOMATA JO VIAÇÃO EXPRESSO BRASILEIRO

DIPLOMATA NIELSON O-364 VIAÇÃO BREDA

CIFERAL PADRON ALVORADA VIAÇÃO SANTA MADALENA

CAIO AMÉLIA VIAÇÃO TABOÃO

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Marcopolo Paradiso 1800 DD Util 11506

Bem, pintura ficticia da Util feita durante uma brincadeira entre eu e meus colegas


mas bem que ela poderia existir mesmo